quarta-feira, 31 de Agosto de 2011

Bolo Soufflé de Chocolate

Nem acredito que já estamos no último dia de Agosto, o Verão parece sempre passar demasiado depressa... Setembro já está a porta e da minha janela já consigo ver o Outono a tomar conta da paisagem.

O dia está triste e cinzento, pede por uma bela chávena de café uma fatia de bolo de chocolate. :-)


Este bolo é simplesmente encantador. No entanto tenho que confessar que quando o desenformei, fiquei um pouco “desconfiada”: um bolo pequeno, com aspecto enrugado, que parecia demasiado seco…. Achei que tinha sido um desastre completo… Estava tão enganada :-) Posso dizer que é um dos melhores bolos de chocolate que alguma vez comi !!!



Apesar de ter uma aparência densa, é um bolo muito leve e húmido. Na minha opinião tem a quantidade certa de açúcar e de chocolate, não se tornando enjoativo. No fim de comer uma fatia, vai ter vontade de comer outra e outra…

Sirva simples ou acompanhado com uma bola de gelado. Simplesmente divinal!

Bolo Soufflé de Chocolate
Receita inspirada no blog Form V Artisan

Ingredientes:
90g de chocolate ( 52% de cacau)
30g de chocolate em pó
1/2 colher de chá de café em pó
1 pitadinha de sal
150g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
120ml de água a ferver
2 gemas
5 claras
1/2 colher de chá de sumo de limão
40g de farinha para bolos

Preparação:
Pre-aquecer o forno a 190°C . Forrar com papel vegetal uma forma redonda com 22cm de diâmetro. ( A forma deve ficar toda forrada com papel vegetal e com umas pontas de 2 a 3 cm, para facilitar na altura de desenformar. Não é necessário untar.)

Numa taça juntar o chocolate partido aos pedacinhos, o chocolate pó, o café em pó, 50g de açúcar, o açúcar baunilhado e o sal. Juntar a água a ferver e misturar com uma vara de arames até o chocolate derreter completamente. Deixar arrefecer.

Bater as gemas com 50g de açúcar até obter um creme pálido e fofo (+/- 2 minutos). Envolver a mistura do chocolate na mistura das gemas e misturar até ficar tudo bem combinado. Peneirar a farinha e adicionar à mistura anterior, envolver até ficar homogéneo.

Juntar o limão às claras e bater as claras em castelo. Quando as claras começarem a formar picos suaves, adicionar aos poucos o restante açúcar (50g) e bater até ficarem firmes.

Adicionar 1/3 das claras à mistura do chocolate e envolver suavemente. Juntar as restantes claras e envolver suavemente na massa (sem bater!).

Transferir a massa do bolo para a forma previamente preparada e levar ao forno até estar cozido (Cerca de 35 a 40 minutos. No fim deste tempo o bolo deve ter crescido consideravelmente, quando fazemos o teste do palito, o palito sai com algumas migalhinhas agarradas).

Retirar o bolo do forno e deixar arrefecer (nesta altura o bolo irá abater consideravelmente). Desenformar o bolo e retirar o papel vegetal.

Quando o bolo estiver frio, polvilhar com açúcar em pó. Servir simples ou com gelado.

terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Cheesecake Japonês

Existem inúmeras receitas de cheesecake… receitas com queijo creme, receitas com ricotta... receitas com base de bolacha, receitas sem base… cheesecakes leves, cheesecakes densos… há receitas para todos os gostos!!


Quando penso em cheesecakes costumo dividi-los em dois grupos:
- “no-bake cheesecake” que não precisa de ir ao forno e apenas precisa de umas horas no frigorífico (pode encontrar a minha receita preferida aqui)
- “bake cheesecake” que vai ao forno para cozinhar, geralmente em banho-maria.
O sabor e a textura destes dois grupos são bastante diferentes.

Nos últimos tempos experimentei algumas receitas de cheesecakes que vão ao forno. Alguns são demasiado densos e sabem bastante a queijo, por isso quando vi a receita do “Cotton Soft Japanese Cheesecake” tive que a experimentar.


Este cheesecake não tem base de bolacha e é muito leve (a sua textura assemelha-se a algodão e desfaz-se na boca…) Apesar de ser totalmente diferente de tudo o que costumo fazer, gostei bastante, a sua textura é muito agradável e o sabor a queijo é discreto mas presente.

Tradicionalmente é comido simples, mas eu acompanhei com um coulis de morango (Aqui as opiniões dividiram-se houve quem o preferisse comer simples, houve quem gostasse dele com o coulis…uma questão de gosto pessoal).

Uma receita diferente mas muito agradável.



Cheesecake Japonês
Receita adaptada do blog The Little Teochew

Ingredientes:
Cheesecake:
250g de queijo creme (tipo philadelphia)
50g de manteiga
100ml de leite
6 ovos (gemas e claras separadas)
60g de farinha
20g de maizena
1 colher de chá de açúcar baunilhado
140g de açúcar
1 pitadinha de sal

Coulis de Morangos:
Morangos
Açúcar em pó (icing sugar)

Preparação:
Cheesecake:
Pre-aquecer o forno a 160º. Forrar uma forma redonda de 20cm de diâmetro com papel untando com manteiga. A forma deve ficar toda forrada com papel vegetal e com umas pontas de 2 a 3 cm, para facilitar na altura de desenformar.

Peneirar a farinha com a maizena. Reservar.

Derreter em banho-maria o queijo creme, a manteiga e o leite. Misturar bem e deixar arrefecer até ficar à temperatura ambiente. Juntar a mistura da farinha e as gemas. Misturar bem.

Juntar às claras o sal e bate-las em castelo. Quando as claras começarem a formar picos suaves juntar o açúcar e o açúcar baunilhado. Bater até ficarem bem firmes.

Adicionar à mistura do queijo as claras em castelo e envolver muito bem até obter uma mistura homogénea (sem bater!).

Colocar a massa do cheesecake na forma previamente preparada. Levar ao forno a cozer em banho-maria durante 1hora e 20minutos. Quando o cheesecake ganhar cor (castanho dourado), tapar com uma folha de papel de alumínio, para que não queime.

Ao fim de 1h e 20 minutos abrir a porta do forno (+/-10 cm) e deixar assim por mais uma hora.

Retirar o cheesecake do forno, desenformar e retirar o papel vegetal. Colocar no prato de servir.

Coulis de Morango:
Lavar e arranjar os morangos.

Triturar os morangos e passa-los por um passador de rede fina para descartar as sementinhas e as partes sólidas. Adoçar com açúcar em pó a gosto.

Na altura de servir, acompanhar o cheesecake com o couli.

Notas à receita:
- Nesta receita pode também ser utilizado uma forma de aro amovível. No entanto, para que não entre água para a forma durante a cozedura, deve forrar o exterior da mesma com papel de alumínio.
- Durante a cozedura, não é necessário que a forma do cheesecake fique dentro do recipiente com água quente (apesar de eu assim o ter feito), basta que o recipiente fique dentro do forno para criar um calor húmido.
- Deixe arrefecer o cheesecake no forno como indica a receita, as diferenças súbitas de temperatura fazem com que ele abata. (esta receita abate sempre um pouco...)
- Ao fim de 1 hora e 20 minutos no forno, o cheesecake deve ter crescido bastante e ter uma cor castanha dourada (o teste do palito infelizmente não funciona neste bolo...o centro do bolo estar firme ao toque)



quarta-feira, 10 de Agosto de 2011

Bolo de Framboesa e Baunilha

Adoro o Verão… dias grandes, sol, calor, praia, piscina, esplanadas… Já para não falar dos gelados, semifrios, mousses e bolos frescos… Apesar da minha ausência aqui no blog, a minha cozinha não tem parado. Dela tem saído sobretudo semifrios e bolos com fruta fresca.





Este bolo é uma excelente proposta para o final de uma refeição ou para um lanche no fim da tarde. Um bolo lindo e vistoso.

O contraste das framboesas frescas com o creme de baunilha é muito agradável. Apesar de não ser um bolo extremamente fofo, é um bolo muito delicioso e não podia combinar melhor com os restantes elementos desta receita.


Este bolo é uma receita adaptada do livro Cake Days, da HummingBird Bakery. Se tinha adorado o primeiro livro, o segundo enche-me verdadeiramente as medidas…

250 páginas de bolos, bolinhos, cheesecakes, tartes e cupcakes todos eles impecavelmente fotografados. Todas as receitas que experimentei deste livro foram um sucesso… por isso se for como eu, louca por livros de culinária, este livro TEM que estar na sua prateleira :-) .


Como calculo que me vão perguntar, o suporte para bolos e o prato são da Bordalo Pinheiro. Adoro as loiças deles, lindas, lindas, lindas! Se tiver perto das Caldas da Rainha, não deixe de visitar a loja do Museu. Eu adorei… o único problema foi mesmo escolher no meio de tanta variedade…por mim trazia tudo!

Obrigada a todos os que deixaram comentários e e-mails nos próximos dias devo conseguir responder a todos eles. :-)


Bolo de Framboesa e Baunilha
Receita inspirada no livro Cake Days, The Hummingbird Bakery

Ingredientes:
Bolo:
80g de manteiga à temperatura ambiente
280g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
300g de farinha
1 colher de chá de fermento
2 ovos grandes
200ml de leite

Creme de Baunilha:
300ml de leite
60g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
15g de farinha
15g de maisena
2 gemas
100ml de natas*
1 colher de sopa de sumo de limão

4 colheres de sopa de doce de framboesa
120g de framboesas frescas

Preparação:
Bolo:
Pre-aquecer o forno a 180. Untar uma forma de 20 cm de diâmetro com manteiga e forrar o fundo com papel vegetal untado com manteiga.

Numa taça grande, juntar a manteiga, o açúcar, o açúcar baunilhado, o fermento e a farinha. Com a batedeira na velocidade lenta, misturar bem todos os ingredientes (fica com aspecto de migalhas de pão).

À parte juntar os ovos com o leite e misturar até ficar homogéneo. Adicionar 2/3 da mistura do leite à mistura da farinha. Bater com a batedeira até ficar homogéneo. Juntar o restante leite e bater até obter uma massa fofa e homogénea.

Colocar massa do bolo nas formas previamente preparadas e levar ao forno até ficar cozido (teste do palito no centro do bolo). Se necessário durante a cozedura, tapar o bolo com uma folha de papel de alumínio para não queimar.

Quando o bolo estiver cozido retirar do forno e desenformar.

Creme de Baunilha:
Numa taça, misturar as gemas, o açúcar, o açúcar baunilhado, a farinha e a maisena (ajuda utilizar de uma vara de arames) .

Num tachinho levar ao lume o leite. Quando o leite ferver, retirar do lume e juntar 1/3 à mistura das gemas (com a ajuda de uma vara de arames misturando sempre!). Transferir a mistura das gemas para o tachinho e misturar bem. Levar novamente ao lume, mexendo sempre com a vara de arames até engrossar e ficar com a consistência de um creme espesso.

Retirar o creme do lume e transferir para uma taça. Tapar o creme com película aderente, esta deve ficar directamente em contacto com o creme para evitar que este crie uma superfície dura. Deixar arrefecer completamente e posteriormente guardar no frigorifico.

Juntar as natas o sumo de limão. Bater as natas bem firmes.

Retirar creme do frigorífico e retirar a película aderente. Bater o creme de baunilha até ficar homogéneo. Juntar as natas ao creme e envolver suavemente.

Guardar no frigorífico até utilizar.

Montagem:
Cortar o bolo em duas camadas. Colocar a primeira camada no prato de servir. Cobrir a primeira camada com o doce de framboesa e com 1/3 do creme de baunilha. Colocar a segunda camada de bolo e cobrir com o restante creme de baunilha.

Levar ao frigorífico até a hora de servir. Na altura de servir decorar com framboesas frescas.

*Para bater as natas bem firmes, colocar no congelador 20 minutos antes de utilizar.