sexta-feira, 21 de Setembro de 2012

Tarte de Mirtilos


Como sempre, Agosto passou a voar…férias, família, sol, piscina, calor Aproveitei para descansar e relaxar um pouco.  Apesar de a minha cozinha não ter parado, a máquina fotográfica e o computador não saíram da mala :-)
A verdade é que desde Agosto, que esta deliciosa tarte vivia nos meus pensamentos… Queria uma massa leve com um ligeiro sabor a limão que complementasse um recheio delicado de frutos silvestres.

Posso dizer que a tarte ficou exactamente como imaginei... Leve, aromática e muito deliciosa. Uma excelente sugestão para os dias de calor que ainda se fazem sentir.


Tarte de Mirtilos

Massa:
300g de farinha

1 colher de chá de fermento
110g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
2 gemas
1 ovo
110g de manteiga
raspa de ½ limão (tamanho médio)
Creme de Queijo :
250g de queijo creme (tipo philadelphia)
1 iogurte natural
2 ovos
40g de açúcar
1 colher de chá de açúcar baunilhado
40g de maisena  
½ colher de chá de raspa de limão

Doce de Mirtilo:
270g de mirtilos congelados
120g de açúcar
50ml de água
2 colheres de chá de maisena
Preparação:
Massa:
Colocar todos os ingredientes e amassar até obter uma massa homogénea e maleável (se a massa estiver um pouco pegajosa, adicione um pouco de farinha).

Levar ao frigorífico por 30 minutos.
Doce de Mirtilo:
Colocar todos os ingredientes num tachinho e levar ao lume. Deixar cozinhar em lume brando até ficar espesso e os mirtilos ficarem desfeitos (cerca de 5 minutos, mexendo frequentemente).

Retirar do lume e passar o puré por um passador de rede fina, para descartar todas as sementinhas e as partes sólidas restantes.
Deixar arrefecer completamente antes de utilizar.

Creme :
Numa taça, juntar o queijo creme com o iogurte, o açúcar, o açúcar baunilhado, a maisena e a raspa de limão. Juntar os ovos um a um e bater com a batedeira até obter um creme liso e brilhante. Reservar.

Montagem:
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma tarteira (27 cm de diâmetro) de fundo amovível com manteiga.

Numa superfície enfarinhada* estender 2/3 da massa, até obter uma massa fininha que dê para forrar o fundo e as paredes da tarteira. Colocar a massa na forma previamente preparada. Cortar o excesso da massa, deixando cerca de 3cm em excesso.
Espalhar o creme por cima da massa e posteriomente o doce de mirtilo.
Estender a massa restante e cortar um círculo com 27 cm de diâmetro. Colocar a massa sobre o recheio. Dobrar o excesso de massa sobre a parte superior da tarte, de forma a selar o recheio.


Levar ao forno até a tarte ficar cozida e douradinha (precisei de +/-45 minutos). Retirar do forno e deixar arrefecer.

Antes de servir polvilhar com açúcar em pó.

* Costumo cortar um quadrado grande de papel vegetal, coloca-lo na superfície de trabalho e polvilhar com farinha. Utilizar o papel vegetal torna mais fácil estender e transferir a massa para a tarteira.