sábado, 23 de Fevereiro de 2008

Tarte de Morango

Tenho me aguentado como posso, tenho cozinhado freneticamente e mantenho-me ocupada o máximo possível, para não pensar em nada... Estou numa fase nova da minha vida e devo confessar que estou completamente aterrorizada! Tenho de tomar decisões importantes e simplesmente não me sinto capaz de decidir seja o que for…. Então cozinho, cozinho e cozinho …

Esta é a última fatia, de uma tarte de morango muito saborosa. Adoro esta receita, ideal para sobremesa. Costumo fazer a mesma tarte com pêssego (gelatina com o mesmo sabor), ou com manga.

Update: Novas Fotografias da Receita

Tarte de Morango
Ingredientes:
Base:
150g de farinha
3 colheres de sopa de açúcar
1 0vo
2 colheres de sopa de manteiga (à temperatura ambiente)
Leite qb

Creme de Baunilha:
1,5 dl de leite condensado
3 dl de leite
1 gema
2 colheres de sopa de farinha maisena
1 pitadinha de essência de baunilha
1 colher de sopa de manteiga amolecida

3,5 dl de água
1 pacote de gelatina de morango
Morangos qb

Preparação:
Untar uma forma de tarte (com fundo amovível) com manteiga. Pré-aquecer o forno a 180º.

Amassar a farinha, o açúcar, o ovo e a manteiga, ir adicionando aos poucos o leite, até obter uma massa homogénea (que não se prende aos dedos e fácil de estender).

Numa superficie enfarinhada estender a massa com um rolo (deve ficar fina) e forrar a forma da tarte com a massa. Picar a massa com um garfo. Colocar por cima papel vegetal e encher com feijão seco. Levar ao forno até estar cozida.

Depois de cozida, retirar do forno e descartar o feijão e o papel vegetal. Reservar.

Creme de Baunilha:
Num tacho, misturar bem o leite condensado, o leite, a manteiga, a gema, a maisena e a baunilha. Levar ao lume, mexendo sempre com a vara de arames até obter um creme espesso. Espalhar o creme, sobre a massa e deixar arrefecer.

Lavar bem e arranjar os morangos. Cortar os morangos* fininhos e dispô-los sobre o creme (já frio).

Preparar a gelatina com a água e deixar arrefecer. Levar ao frigorífico a prender um pouco (deve ficar com a consistência de clara de ovo). Colocar cuidadosamente a gelatina sobre os morangos. Levar ao frigorífico até servir.

* Quando os morangos não são muito doces, costumo colocar uma colher de chá de açúcar por cima deles antes de colocar a gelatina.





sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

Bolo de Coco Tostado

Depois da Tarte de Amêndoa ter feito sucesso cá em casa e ter desaparecido num piscar de olhos, resolvi testar outra receita do mesmo livro. O que despertou o meu interesse neste bolo foi a sua preparação. Era necessário tostar o coco, até ele ficar bem amarelinho. Interessante, não?! Por isso, não resisti a experimentar!

Devo dizer que fiquei bem contente com o resultado e este bolo também não durou muito tempo! A receita original do bolo é recheada, mas eu desta vez não coloquei, porque queria um bolo para o lanche. No entanto se quiser servir o bolinho como sobremesa, acho que com recheio deve ficar melhor.

Ainda só experimentei 2 receitas, mas o livro Pure Dessert já deixou boa impressão! Regra geral, são receitas simples, que privilegiam o sabor, com poucos ingredientes (todos eles fáceis de encontrar). As receitas são todas explicadas passo a passo com bastante pormenor, apenas tenho pena, que algumas receitas não tenham fotografia (cerca de metade ...).

Bolo de Coco Tostado
Ingredientes:
1 chávena de coco ralado seco
60g de manteiga amolecida
1 chávena de açúcar
1 pitada de essência de baunilha
3 ovos temperatura ambiente
2 chávenas de farinha
½ colher de café de bicarbonato de sódio
1 colher de café de fermento
1 chávena de leite (temperatura ambiente)

Calda:
2 colheres de sopa de sumo limão
2 colheres de sopa de rum (usei whisky)
2 colheres de sopa de água
2 colheres de sopa de açúcar

Recheio:
1,5 dl Natas
2 colheres de sopa açúcar
½ chávena de Coco seco

Coco seco qb

Preparação:
Numa frigideira anti-aderente, colocar o coco e levar ao lume em lume médio (mexendo frequentemente). Quando o coco começar a ganhar cor, diminuir para lume brando (ter atenção porque o coco quente, queima facilmente). Quando este tiver uma cor dourada clara, retirar do lume. Transferir o coco para outro recipiente e deixar arrefecer completamente antes de usar.


Pré-aquecer o forno a 180º. Untar uma forma redonda com manteiga e polvilhar com farinha.

Misturar a farinha, o sal, o fermento, e o bicarbonato de sódio. Peneirar esta mistura 3 vezes, reservar. Á parte, bater os ovos, até as claras e as gemas estarem bem misturadas, reservar.

Com a batedeira (na velocidade máxima), bater a manteiga com o açúcar e a baunilha, até obter uma mistura fofa. Adicionar os ovos, á mistura da manteiga, bater durante 3 minutos. Acrescentar metade da farinha e bater apenas até envolver a mesma, adicionar metade do leite e bater apenas até o leite ser absorvido. Repetir o processo para a restante farinha e o restante leite. Adicionar o coco tostado e bater apenas até o coco ficar misturado.

Despejar a massa numa forma e levar ao forno até estar cozido (fazer o famoso teste do palito antes de retirar). Deixar arrefecer 5 minutos antes de desenformar.

Levar todos os ingredientes da calda, ao lume até ferver. Despejar por cima do bolo.

Recheio Opcional: Bater as natas e o açúcar bem firmes e posteriormente envolver o coco (não tostado). Depois de frio, cortar o bolo a meio e colocar o recheio.

Decorar com coco ralado. Levar ao frigorífico pelo menos 2 horas antes de servir.


quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Bolo de Amêndoa

Estava em pulgas, para experimentar alguma receita dos livros novos, como não tinha muito tempo, escolhi um bolinho rápido de fazer.

Aqui está a minha primeira receita do livro Pure Dessert. É um bolo simples, para apreciadores de amêndoa. Bolo de textura muito agradável, receita totalmente aprovada!

Na receita original em vez de whisky, pedia uma colher de sopa de aguardente de cereja. Como não tinha em casa, usei whisky, que combinou na perfeição realçando o sabor da amêndoa.

Bolo de Amêndoa
Ingredientes:
100g de amêndoas trituradas
1 chávena de açúcar
1 colher de sopa de açúcar baunilhado
1/3 colher de chá de sal
3 ovos ( á temperatura ambiente)
50g de manteiga ligeiramente amolecida
2 colheres de sopa whisky
½ chávena de farinha
1 colher de chá de fermento
Canela qb

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180º. Forrar uma forma redonda, com papel vegetal untado com manteiga.

Misturar bem a seco as amêndoas, o açúcar, o açúcar baunilhado e o sal. Juntar os ovos, o licor e a manteiga. Bater com a batedeira durante 3 minutos. Juntar a farinha e o fermento peneirados. Bater até a farinha estar bem misturada.

Deitar a massa na forma, levar ao forno até estar cozido (teste do palito). Polvilhar com canela.



Prémio da Edinha e da Julie

A Edinha do blog Prazer dos Sabores e a Julie do blog Tarte e Sol , atribuiram ao Banilha e Caramelo o prémio “É um Blog Muito Bom Sim Senhora!". É muito bom, sentirmos que as outras pessoas, gostam do que fazemos. Muito obrigada, minhas queridas!





terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Novas Aquisições...

Como quase todas as pessoas, que adoram cozinhar, colecciono revistas, livros de culinária e tenho centenas de receitas escritas em cadernos e papelinhos... Nunca vou conseguir fazer todas as receitas que já tenho ... Mas, quando li algumas críticas a estes livros, não fui capaz de resisitir, mesmo sendo em inglês!

Depois de uma semana de espera... finalmente chegaram!

Verdadeiros Sabores, Ingredientes Inspiradores e Receitas Simples.
Pure Dessert de Alice Medrich


De Brooklyn a Beverly Hills, Receitas para uma Vida Doce.
Desserts by the Yard de Sherry Yard

terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

Bolo Cor de Rosa

Primeiro que tudo, gostaria a agradecer a todas as pessoas que deixaram mensagens, pelo apoio e pelo carinho, significou muito para mim… Está a ser muito duro, preecher o vazio e ter vontade para fazer alguma coisa... É dificil responder a todas as perguntas da minha irmã e ve-la a acenar ás nuvens e perguntar-me "É naquela que a bisavó está?!".

Mas estou de volta aos "tachos" ... Tinha tomado nota desta receita á algum tempo, porque achei piada ao bolo ser cor de rosa, ideal para fazer no Dia dos Namorados. Aqui fica uma ideia de uma receita rápida e muito cor-de-rosa.

Para quem não gostar de cor de rosa ou de morango pode usar outro sabor de gelatina, calculo que ananás ou pessego também deva ficar bem.

Devo dizer, que enquanto fazia o bolo, pensei várias vezes, vamos lá ver o que sai daqui, porque nunca tinha visto nenhum bolo ser “mergulhado” em gelatina… Gostei muito (mesmo muitooo!) do resultado final, fica bem fresquinho, com um leve sabor a morango.

Nota:
Para o bolo ficar totalmente cor-de-rosa por dentro, mergulha-lo com a gelatina totalmente líquida. Se apenas quiser que o bolo fique com uma camada cor-de-rosa exterior, mergulha-lo na gelatina só quando esta estiver com consistência de clara de ovo. Já fiz de ambas as maneiras, ambas ficaram aprovadas!

Ingredientes:
(para 8 fatias)
Bolo:
80g de manteiga amolecia
1 colher de sopa de açúcar baunilhado
½ chávena de açúcar
2 ovos
1 chávena de farinha
1 colher de chá de fermento
2 colheres de sopa de leite

Calda:
1 pacote de gelatina de morango (85g)
3,5 dl de água
100g de Coco ralado desidratado

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180º. Untar uma forma rectangular (pequena) com manteiga e polvilhar com farinha.

Juntar todos os ingredientes para o bolo numa tigela, bater com a batedeira durante 5 minutos. Despejar a massa na forma e levar ao forno até estar cozido (fazer o teste do palito). Esperar 10 minutos antes de desenformar o bolo.

Levar metade da água a ferver. Quando esta ferver, dissolver a gelatina e juntar a restante água. Deixar arrefecer e levar um pouco ao frigorífico (Não deixar solidificar! Apenas até ter consistência de clara de ovo). Ver Nota

Cortar o bolo em cubos com +/- 7 cm de lado. Mergulhar rapidamente a fatia do bolo na gelatina (totalmente) e passa-la pelo o coco ralado de modo a cobrir todos os lados generosamente. Decorar a gosto (decorei com uma colher de doce de morango).

Levar ao frigorífico durante 1h30m e servir fresco.