segunda-feira, 28 de julho de 2008

Bolo de Amoras Silvestres

Estou de férias em casa dos meus pais, tenho aproveito para descansar e passar tempo com a minha família. É bom estar em casa a recarregar as “baterias." Tenho cozinhado bastante, mas nem sempre a máquina fotográfica chega a tempo para registar o momento...




As amoras silvestres são o fruto das silvas. Um arbusto cheio de picos, que cresce nos terrenos baldios e que por vezes se transforma numa verdadeira praga. No Verão as silvas enchem-se destes frutos apetitosos. As amoras têm um sabor doce e um cheirinho muito característico, que eu adoro!




Pois bem, estava deserta que chegasse o “tempo das amoras”. Todos os anos, por esta altura, eu e a minha maninha, apanhamos amoras. Ela segura a taça e eu aventuro a mão por entre os picos. É uma actividade divertida, que já é tradição na nossa familia :-)

Costumo separar uma parte das amoras, para congelar e utilizar durante o Inverno, em sobremesas que trazem saudades do Verão. (As amoras ao descongelar vão ficar um pouco desfeitas, por isso convém utilizar em receitas que as usem trituradas)



Quanto ao Bolo de Amoras Silvestres, mantive o nome original, mas acho que é mais um semifrio do que um bolo. É uma sobremesa bastante vistosa, que encanta pela sua originalidade. Ficou totalmente aprovada, até podia entrar para as "10 +!". Receita inspirada na revista TeleCulinária “Sobremesas Frescas”.



Ingredientes:

Base:

1 ovo
1 colher de sopa de água quente
60 g de açúcar
1 colher de sopa de açúcar baunilhado
30g de farinha
25g de farinha maisena
½ colher de chá de fermento

Creme:
2dl de natas
1/2 lata de leite condensado light (+/- 200g)
6 folhas de gelatina incolor
¾ de chávena de chá amoras silvestres

Cobertura:
1 embalagem de gelatina de frutos silvestres
Amoras qb.

Preparação:

Base:
Pré-aquecer o forno a 180º. Untar uma forma redonda de alumínio (22 cm) com manteiga e polvilhar com farinha.

Bater o ovo com a colher de sopa de água quente, usando a batedeira eléctrica na velocidade máxima durante 1 minuto, até a mistura ficar espessa e com espuma. Adicionar o açúcar e o açúcar baunilhado, bater continuamente durante 2 minutos.

Juntar a farinha, a maisena e o fermento em pó, usando a batedeira na velocidade mais baixa até obter uma massa fofa. Transferir a massa para a forma e levar ao forno até estar cozido (teste do palito).

Retirar do forno, com a ajuda de uma faca soltar lateralmente o bolo da forma e posteriormente desenformar.

Creme:
Colocar de molho as folhas de gelatina em água fria. Bater as natas bem firmes (costumo colocar as natas 15 minutos no congelador antes de as bater). Juntar o leite condensado ás natas e misturar bem.

Escorrer a gelatina e dissolve-la em 2 colheres de sopa de água quente. Juntar ao preparado das natas, a gelatina e as amoras. Misturar bem e levar ao frigorífico a prender um pouco (não deixar solidificar totalmente).

No prato de servir (convém ser totalmente raso), colocar um aro de semifrio (sem o fundo), colocar o bolo e espalhar o creme por cima. Levar ao frigorífico até solidificar totalmente.

Cobertura:
Fazer a gelatina conforme as instruções da embalagem. Deixar arrefecer completamente e levar ao frigorífico até prender um pouco (não deixar solidificar totalmente). Deitar a gelatina por cima do creme e dispor as amoras por toda a superfície.
Levar novamente ao frigorífico até solidificar completamente.


32 comentários:

  1. Que bela receita! Como tal proponho um desafio no meu blog.
    BJOS

    ResponderEliminar
  2. Andreia que delicia já guardei a receita!!!Ando á procura de receitas que levem amoras(Também fui apanhar amoras):)))Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Eu adoro amoras e ahei esse bolo um charme, a apresentacao está de dar agua na boca.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. adorei as fotos e a receita!
    pequena nunca me sairem bem os semi frios...

    ResponderEliminar
  5. Infelizmente agora não é época de amoras mas vou experimentar com morangos, acho que vai ficar bom.
    Uma delíciaa de torta.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  6. que maravilha amiga,lindo lindo que ficou,jinhos grandes

    ResponderEliminar
  7. Que bolo maravilhoso e ainda mais de amoras..que tem tao poucas receitas com essa frutinha que acho uma delicia.
    Adorei seu blog, muito bom .Parabéns

    ResponderEliminar
  8. Este bolo está LINDO!!!!!!
    É mesmo muito bonito e deve de ser delicioso! Muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  9. Que tentação!!!!! Já estou a caminho dos terrenos baldios á procura de amoras para fazer esta delicia hihihihi. Depois dou noticias.
    Beijinhos
    Nanda

    ResponderEliminar
  10. Bem, só posso dizer que adoro este tipo de bolo semifrio, e mais ainda das que levam frutos do bosque. Mas onde arranja tantas amoras???? Quem me dera! :)

    ResponderEliminar
  11. já há amoras !!!!!!
    aqui ainda estão tão pequeninas !
    esta sobremesa deve de ser deliciosa com framboesas ! nham, nham !!!!

    bjka

    ResponderEliminar
  12. que bela receita! adorei! Invulgar, e muito bonita, gostei das fotos.
    As amoras lembraram-me a infância ,arranhada e boca lambuzada..
    bjs nanda vale

    ResponderEliminar
  13. Que aspecto fantástico. PARABÉNS. Já dei feed back ao teu desafio. Beijokas.

    ResponderEliminar
  14. FOTOS LINDAS... e o bolo ai ai ...que tentação bj

    ResponderEliminar
  15. Adorei, que lindo!
    No meu serviço tem uma arvore que todo dia fico olhando para ver a revolução das amoras, graças a deus esta começando a carregar, estou louca para fazer essas receitas.
    bjs

    ResponderEliminar
  16. Andreia, que visão dos céus! Lindo este bolo/semi-frio! Pena que por aqui não encontre assim amoras mas já estou a pensar fazer com framboesas...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Acho que este semifrio, também vai ficar muito, substituindo as amoras por morangos ou mesmo por framboesas (apesar de ainda não ter experimentado)... Ou mesmo com outras frutas, é só deixar a imaginação funcionar!

    Costumo apanhar amoras nesmo no campo, mas nem sempre é preciso ir tão longe... Aqui ao lado da minha casa, há umas silvas num terreno abandonado, que fazem as delicias de quem passa.

    Obrigada pelos comentários tão agradáveis.
    Andreia

    ResponderEliminar
  18. Ai, Andreia... Eu sou apaixonada por amoras, mas aqui no Brasil só consigo encontrar de uma outra variedade, mais compridinha e com menos caldo... Uma pena! Fiquei morrendo de vontade de experimentar a sua receita!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Adoro amoras! Que aspecto maravilhoso :)

    ResponderEliminar
  20. Além de ser um semifrio delicioso ainda tem fotos de deixar os olhos em bico!
    Está muito bonito, meus parabéns!
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. chamo à descoberta deste site, um feliz encontro... as receitas e as fotos estão óptimas!!!

    ResponderEliminar
  22. Amo frutas vermelhas, amoras, cerejas, morangos e bolos feitos com elas ficam sempre deliciosos.
    O seu ficou lindo!
    Bjs e um ótimo fim de semana!

    ResponderEliminar
  23. Parabens... está super hiper mega espectacular!!!!!!!!! Acabei de jantar e só de olhar para este bolo já fiquei com fome!

    A sua receita encontra-se em destaque no Portal ParaCozinhar.com

    ResponderEliminar
  24. Já experimentei a receita e tenho que dizer que é deliciosa! Adorei! :)

    ResponderEliminar
  25. Olá!
    É a primeira vez que escrevo no seu blog. Muitos parabéns pelos textos, as cores, as fotos e principalmente as receitas que além de bonitas e delicadas são excelentes de sabor.
    Eu experimentei a receita do bolo frio de amoras, mas com um fruto silvestre que há aqui nos Açores, a remania, ou uva do mato. Foi imensamente apreciado por todos os que o provaram. Ficou excelente!
    Obrigada e parabéns!
    Sílvia

    ResponderEliminar
  26. Boa Noite, adorei seu blog as fotos faz a gente viajar no prato as receitas estão maravilhosas.Também tenho um blog estou iniciando, mas é feito com muito carinho também, de uma passadinha por lá também . bjs obrigada . http://aromadoce.blogspot.com

    ResponderEliminar
  27. Este semifrio é delicioso.
    Adoro o seu blog.
    é o primeiro blog que procuro quando quero fazer sobremesas.
    O engraçado é que ja o conheço a bastante tempo mas nunca me tinha aventurado a fazer as suas receitas.Ao principio quando visitava este blog as fotos pareciam-me"bonitas de mais " para ser verdade.Até pensava que nao podiam ser verdadeiras de tão perfeitas que eram ,e pensando isto,jamais me atrevi a faze-las.
    Mas um dia lá me aventurei e vi que são acessiveis em termos de confecçao e sao realmente deliciosas.Por isso dou-lhe os meus sinceros parabens pelas magnificas receitas e extraordinarias fotos.
    Um beijinho

    Ana Queiros

    ResponderEliminar
  28. Ana,
    Muito obrigada pelos comentários.

    O Baunilha é feito com o coração e é algo que me dá imenso prazer a fazer. Por isso, quando recebo comentários como o teu, fico radiante. :-)

    Tento que as receitas sejam fáceis e acessíveis a todos.

    As fotografias exigem quase tanto trabalho como a receita em si. Acho que a qualidade da fotografia tão importante como a qualidade da receita. Afinal, os olhos são os primeiros a comer!

    Mais uma vez, muito obrigada
    Beijinhos
    Andreia

    ResponderEliminar
  29. Andreia
    Tem um aspecto excelente, parabéns..
    Já ia uma fatia agora depois de jantar..
    Beijos

    ResponderEliminar
  30. parabens Andreia, já fiz este bolo varias vezes e é sempre um sucesso. beijos

    ResponderEliminar