sexta-feira, 20 de Março de 2009

O 100º Post!

Este é o 100º Post do Baunilha e Caramelo! Tinha pensado fazer uma receita sofisticada e elaborada... No entanto o meu fim-de-semana proporcionou-me a oportunidade de fazer algo diferente do habitual …

A sugestão que trago neste 100º post, é uma tarde passada no campo e claro está, uma receita para acompanhar!


Estou a estudar em Lisboa mas os fins-de-semana, são passados em casa dos meus pais que vivem numa pequena cidade do interior. Apesar de rotineiros, são incrivelmente agradáveis e relaxantes. O tempo é passado entre a habitual ida à praça, as conversas com vizinhos e as voltinhas de bicicleta. Adoro viver em Lisboa, mas anseio sempre a chegada da Sexta-feira…


A tarde de Sábado foi passada no nosso pomar (que já falei anteriormente). Enquanto o meu pai e os meus avós cuidavam das árvores, aproveitei para tirar algumas fotografias.


Com a chegada da Primavera, os campos enchem-se de pequenas flores. Os ramos dos das cerejeiras e dos pessegueiros estão cobertos de flores, salpicando a paisagem verde, de branco e rosa. Sem dúvida, um cenário deslumbrante!


Ao prestarmos mais atenção, vemos centenas de abelhinhas, atarefadas a recolher o pólen das flores. Nunca tinha pensado bem, no seu papel no ecossistema, até o meu pai falar das consequências do seu possível desaparecimento.

“Se as abelhas desaparecessem da face da Terra, o Homem teria apenas quatro anos de vida” Albert Einstein.


As abelhas (e outros insectos) têm um grande papel na polinização das plantas, que sem elas deixariam de se reproduzir e produzir alimento ao homem. Interessante, não é?!

A minha tarde foi muito divertida… Com a chegada dos dias quentes, torna-se muito agradável sentar à sombra de uma árvore e improvisar um piquenique. Aproveitar a paisagem primaveril e relaxar um pouco.
Esta torta foi o lanche de uma tarde passada do campo. Fofinha, rápida e muito prática. Perfeita para acompanhar morangos ou outra fruta fresca.

Não podia deixar de agradecer á minha maninha, por tão pacientemente pousar para as minhas fotografias e aceitar todos os meus pedidos, com a simplicidade e facilidade que apenas uma criança consegue!


Torta de Morango
Ingredientes:
5 ovos
200g de açúcar
130g de farinha
1+1/2 colher de chá de fermento
Doce de morango qb*

Preparação:
Pre-aquecer o forno a 180ºC. Forrar um tabuleiro rectangular (25x25cm), de com papel vegetal untado com manteiga.

Com a batedeira eléctrica, bater o açúcar com as gemas, até formar um creme branco e fofo. Adicionar, a farinha e o fermento previamente peneirados e misturar bem

Bater as claras em castelo. Envolver suavemente as claras, no preparado anterior. Deitar a massa, na forma previamente preparada e levar ao forno até estar cozida (teste do palito no centro do bolo). Cuidado, para não deixar a torta cozinhar demais, apenas precisa de alguns minutos no forno. Se necessário, durante a cozedura, tapar a torta com uma folha de papel de alumínio.

Desenformar a torta para um pano limpo. Com cuidado retirar o papel vegetal e espalhar o doce morango. Enrolar a torta com a ajuda do pano, polvilhar com açúcar em pó.

*Ou outro doce que goste. É uma óptima maneira de utilizar as compotas caseiras.


quinta-feira, 12 de Março de 2009

Bolo de Chá da Avó Natália

Hoje trago uma receita bem velhinha, este foi o primeiro bolo que aprendi a fazer. Vi e ajudei a minha avó a faze-lo tantas vezes, que um dia aventurei-me a faze-lo sozinha. Foi assim que começou a minha caminhada pelo mundo dos bolos.

A minha infância está cheia de recordações deste bolo, que nunca faltava lá em casa, nos dias de festa ou quando havia visitas. A receita original, retirei do caderno de receitas da minha avó, o velhinho "Bolo de Água" (chamado assim, porque a receita leva uma chávena de água).

Lembro-me que a minha avó fazia inúmeras adaptações a esta receita, substituía a chávena de água por chávena de leite, café ou mesmo sumo de laranja.

Todas as adaptações resultam muito bem, ficando igualmente deliciosas. Para o bolo de hoje, utilizei chá de maçã e canela e substitui a raspa de limão por canela, com o fim de evidenciar o seu sabor. Ficou perfeito.


Não é um bolo sofisticado e complicado. É um bolo simples daqueles que as avós fazem e que inunda toda a casa com o seu agradável aroma, enquanto está no forno. Grande e muito fofinho, torna-se ideal para acompanhar uma chávena de chá.

Ás vezes, é simplesmente reconfortante voltar ao ínicio …


Bolo de Chá da Avó Natália
Ingredientes:

5 ovos
210g de açúcar amarelo
160g de açúcar branco
200ml de chá de maçã e canela *
1 + ½ colher de chá de canela
1 + ½ colher de chá fermento
300g de farinha

Preparação:
Pré-Aquecer o forno a 180º. Untar com manteiga e polvilhar com farinha, uma forma de buraco grande.

Com a batedeira eléctrica, bater as gemas com o açúcar. Juntar lentamente o chá, misturar bem. Adicionar a farinha, a canela e o fermento previamente peneirados e bater bem. Bater as claras em castelo e envolve-las suavemente na massa do bolo.

Deitar a massa na forma preparada e levar ao forno até estar cozido (teste do palito no centro do bolo). Se necessário cobrir o bolo com uma folha de papel de alumínio durante a cozedura.

* Para a infusão, utilizei uma saqueta de chá e 200ml de água quente. O chá, quando adicionado ao bolo, deve estar completamente frio.


sexta-feira, 6 de Março de 2009

Mousse de Morango

Apesar dos últimos dias, terem estado muito cinzentos e chuvosos, a primavera já começou a dar os primeiros sinais. Os dias estão maiores e a temperatura mais amena.

As árvores começaram a rebentar e algumas já se encheram de flor. As amendoeiras têm todos os seus ramos cobertos de pequenas flores brancas. Simplesmente lindo...


Apesar dos meus morangueiros estarem longe de ter frutos, nas bancas dos supermercados, começaram a aparecer os primeiros morangos. Torna-se difícil de resistir quando, ao passar, se sente o seu aroma agradável.


Esta mousse tricolor é leve, fresca e delicada. Com tons apaixonantes é uma óptima maneira de celebrar a chegada dos morangos!


Mousse de Morango
Ingredientes (para 6 a 7 tacinhas):
400g de morangos (limpos e arranjados )
3 iogurtes naturais ( 3x120g )
½ lata de leite condensado
8 folhas de gelatina incolor
1 + ½ colher de chá de açúcar baunilhado
½ colher de sopa de sumo de limão
2 dl de natas *
Açúcar em pó (icing sugar) qb.

Preparação:
Misturar o leite condensado com os iogurtes. Bater as natas bem firmes e adiciona-las à mistura dos iogurtes. Envolver bem, com a ajuda de uma vara de arames.

Dividir o preparado em duas partes iguais (uma das partes vai ser utilizada para fazer a mousse branca e a outra a mousse rosa).

Mousse Branca:
Colocar metade das folhas de gelatina, de molho em água fria, por breves minutos. Escorrer as folhas de gelatina e dissolve-las em água quente (+ /- 2 colheres de sopa).

Adicionar a uma parte das natas, o açúcar baunilhado, seguido pela gelatina dissolvida. Envolver bem e deitar nas tacinhas. Levar ao frigorífico até solidificar completamente.

Mousse Rosa:
Triturar os morangos e juntar o sumo de limão. Passar por um passador de rede fina, para descartar todas as sementinhas e as partes sólidas. (Obtive +/- 250 ml de puré de morango). Reservar um pouco do puré para a decoração (+/- 50 ml ).

Colocar as restantes folhas de gelatina, de molho em água fria, por breves minutos. Escorrer as folhas de gelatina e dissolve-las em água quente (+ /- 2 colheres de sopa).

Juntar o puré de morango**, às restantes natas e em seguida adicionar a gelatina dissolvida. Envolver bem e deitar a mousse rosa por cima da mousse branca. Levar ao frigorífico até solidificar.

Adoçar a gosto (com o açúcar em pó) o puré de morango reservado e deitar um pouco em cada tacinha.

* Para bater as natas bem firmes, colocar no congelador 20 minutos antes de as utilizar.

** Os morangos que utilizei, não eram muito doces, por isso, juntei mais uma colher de sopa de leite condensado, ao preparado das natas.