quarta-feira, 8 de Julho de 2009

Bolo de Açúcar Amarelo e Canela

Os dias tem sido passados a estudar para os exames e ultimamente tem sobrado pouco tempo para o Baunilha e Caramelo...

No entanto, sempre que surge uma ocasião especial, não a deixo passar em branco... Este bolo foi feito, para comemorar os 77 aninhos da minha avó Natália. Já é uma bela idade, por isso merecia um bolinho bem especial!


No último aniversário cá de casa, fiz o Bolo Chiffon de Cappuccino, que recebeu criticas muito positivas. Este bolo é dentro do mesmo género (e também inspirado no mesmo livro...): leve, fofo e fresco.

Achei que a combinação de açúcar amarelo e canela, só podia correr bem e como a minha avó adora canela, pareceu-me perfeito!

Esta é a última fatia do bolo, não fui a tempo de o fotografar inteiro. Mas como apenas sobrou uma fatia (que depois desapareceu misteriosamente …) posso dizer que ficou aprovadíssimo!


Não se deixe intimidar com o tamanho da receita. Apesar de longa, não tem nada de muito complicado. Acho que o resultado, justifica bem o tempo dispendido! Se desejar pode preparar o bolo no dia anterior e só no próprio dia o rechear.

Bolo de Açúcar Amarelo e Canela
Ingredientes:

Bolo:
4ovos
130g de açúcar amarelo
170g de farinha
1 colher de chá de fermento
1 colher de chá de canela
2 colheres de sopa de manteiga

Xarope:
70ml de água
1 + 1/2 colher de sopa de açúcar branco
2 colheres de sopa de whisky (ou rum)

Cobertura:
200 ml de natas*
1 colher de café de canela
2 colheres de sopa bem cheias leite condensando cozido **
3 folhas de gelatina incolor
2 colheres de sopa de água quente

Decoração:
4 bombons Ferrero Roche (utilizei Ferrero Rondnoir, mas pode utilizar qualquer bombom do tipo)

Preparação:
Bolo:
Pré-Aquecer o forno a 200°C. Forrar apenas o fundo de uma forma redonda (de 20 cm), com o papel vegetal. Não é necessário untar a forma.

Derreter a manteiga e deixar arrefecer até ficar á temperatura ambiente.

Num recipiente que resistente ao calor, bater os ovos ligeiramente e gradualmente juntar o açúcar. Colocar este recipiente, por cima de outro que contenha água quente, misturar bem até o açúcar ficar completamente dissolvido e a mistura dos ovos aqueça á temperatura do corpo. Remover do calor e bater com a batedeira durante +/- 4 minutos (a mistura dos ovos deve ficar espessa e firme).

Peneirar a farinha, o fermento e a canela. Em 2 adições, envolver suavemente a farinha na massa (não bater, nem misturar em demasia, apenas enquanto houver farinha visível). Adicionar a manteiga derretida á massa e envolver com cuidado.

Colocar a massa na forma anteriormente preparada e levar ao forno. Pode ser necessário durante a cozedura colocar uma folha de papel de alumínio sobre o bolo.

Quando o bolo estiver cozido (teste do palito no centro do bolo), retirar do forno e deixar arrefecer completamente antes de desenformar. Com a ajuda de uma faca, soltar a parte lateral do bolo e desenformar. Cuidadosamente retirar o papel vegetal e cortar o bolo em 2 camadas. Reservar.

Xarope:
Juntar todos os ingredientes e levar ao lume até ferver e o açúcar ficar completamente dissolvido. Deixar arrefecer antes de utilizar.

Cobertura:
Colocar as folhas de gelatina de molho em água fria.

Bater as natas com uma batedeira. Quando estas começarem a espessar, juntar o leite condensado e a canela. Continuar a bater até as natas ficarem bem firmes.

Escorrer as folhas de gelatina e dissolve-las em 2 colheres de sopa de água quente. Deixar arrefecer um pouco antes de adicionar á mistura das natas. Se as natas batidas, ficaram demasiado liquidas, levar uns minutos ao frigorífico até prender (mas sem deixar solidificar completamente).

Colocar uma camada do bolo, no prato de servir e com um pincel de culinária humedecer o bolo com metade do xarope preparado. Colocar 1/3 das natas sobre a camada do bolo e cobrir com a outra camada do bolo. Regar com o restante xarope e cobrir o bolo com as restantes natas.

Levar ao frigorifico pelo menos 3 horas antes de servir.

Decoração:
Cortar os bombons em 2 partes e dispor por cima do bolo. Em alternativa, pode decorar com raspas de chocolate.


* Para conseguir bater as natas bem firmes, colocar 20 a 30 minutos no congelador antes de as utilizar.

** Para cozer o leite condensado, colocar a lata numa panela cheia de água e deixar ferver durante +/- 1h. Deixar arrefecer completamente antes de abrir a lata e utilizar. Tenho conhecimento que já existem latas de leite condensado cozidas á venda nos supermercado, no entanto nunca experimentei este produto…

26 comentários:

  1. Estes bolos são todos tão perfeitos que nem se sabe por onde escolher! E a decoração... elegantissima :)

    ResponderEliminar
  2. que lindo amiga,como sempre perfeito,jinhos grandes

    ResponderEliminar
  3. Vale a pena dizer que adorei.. que estou de boca aberta.. que ainda me surpreendo?
    Esta lindo.. continua a surpreender.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  4. Os bolos daqui têm sempre um aspecto maravilhoso, parabéns à cozinheira e à fotografa porque afinal de contas os olhos também comem!

    Bjitos

    ResponderEliminar
  5. este bolo está com um apecto !
    digno de revistas de culinária !!!!
    parabéns , adorei !

    bjka

    ResponderEliminar
  6. Ficou lindão seu bolo. Me lembrei da minha avó ela vai completar 99 anos e fiquei um pouco triste, pois não vou poder estar presente. Esses momentos tem que ser curtidos ao máximo. bjs

    ResponderEliminar
  7. Não me canso de visitar este blog!
    Confeço que não sou apreciadora de canela, mas o prato onde está a fatia trouxe-me boas lembranças da minha avó Nascimento!

    ResponderEliminar
  8. Hummm... que bolo delicioso! Se vejo um bom resultado final, nunca me intimido com a extensão da receita. Gosto demais de Ferrero Rocher!

    ResponderEliminar
  9. Axo que nem daqui a dez anos vou conseguir fazer uma coisa assim!
    Morro de vergonha por ter feito um blog que eu pensava que era engraçado mas agora vejo que está miserável.
    Axa que me pode dar uns conselhos? Só neste primeiros dias, o blog começou hoje e só tem uma mensagem.
    Obrigada
    Melita

    ResponderEliminar
  10. Achei seu bolo lindo,a vovó merece.
    Já anotei a receita,achei bem interessante e maravilhoso.
    Edilia

    ResponderEliminar
  11. Parabéns para a vovó o bolo ficou perfeito para comemorar esra data tão especial.
    Mais uma vez você caprichou.
    Bjs!

    ResponderEliminar
  12. Realmente é um bolo digno de um aniversário especial. Parabéns para sua vozinha querida!

    Grande beijo

    ResponderEliminar
  13. Ai que aspecto . . . Até fiquei com àgua na boca :)

    Bjs e bom fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
  14. menina os teus bolos deixam-me sempre com agua boca com uma vontade louca de fazer.
    beijinhos e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  15. que bonito, vc é tão proficional se eu for fazer não ficará como esse jamais!
    Lindo!

    ResponderEliminar
  16. Este bolo está lindo e as fotos muito boas.

    Bjinho

    ResponderEliminar
  17. Este bolo..... Tenho mesmo que o experimentar :D
    ADOREI conheçer o teu blog :D

    jinhussssss

    ResponderEliminar
  18. Esta é daquelas receitas que é crime não tentar! :) Tem um óptimo aspecto!

    ResponderEliminar
  19. que bolo elegante! e magnifico! este blog está a deixar-me com água na boca! juro

    ResponderEliminar
  20. Parece divino, lindo e tb gostoso, rss. Parabéns

    ResponderEliminar
  21. Olá!

    Fiz este bolo na passada sexta feira e ficou mt bom! :) Ainda n tinha conseguido vir escrever o comentário.
    Não utilizei a cobertura pq n tinha natas (foi um momento repentino de gula por volta das dez da noite, por isso não dava para ir comprar) :) Seja como for ficou um óptimo bolo de chá, pois o tempo estava chuvoso e então calhou mesmo bem! Obrigada pelas ideias! Agora, que estou inspirada, vou escolher outro bolo e fazê-lo esta tarde. Preciso de descomprimir e nisso somos iguais :)
    Bem, agora fica a questão: bolo de chá ou bolo chiffon cappuccino? O problema é escolher!

    Beijinhos

    ps- em breve passo-te a receita de bolo de noz da minha avó. É o melhor bolo de noz de sempre para mim e bastante fácil de fazer. Ideal para o Inverno e dias frios!

    ResponderEliminar
  22. Olá Susana:

    Ainda bem que gostou deste bolo, mesmo sem cobertura, acho este bolo uma delicia.

    Muitas vezes tenho o mesmo problema,quero fazer um bolo e não me consigo decidir... Ontem voltei a fazer o bolo chiffon de cappuccino, que adoro!!! Acho que qualquer que seja a sua escolha não vai ficar desapontada :-)


    Fico á espera da receita de bolo de noz. Agora que os dias frios chegaram é o que apetece mais :-)

    Bjinhos
    Andreia

    ResponderEliminar
  23. Olá Andreia,
    Muitos parabéns pelo blog. Delicioso!
    Estou a pensar fazer esta sua receita para o aniversário da minha mãe mas estou com uma dúvida. Que diâmetro tem a forma que utilizou?
    A minha é de 22cm e tenho receio que fique muito baixinho.
    Obrigada desde já pela sua atenção e continue a deixar-nos com agua na boca :)

    ResponderEliminar
  24. Sonnie,
    A forma que utilizo tem 20cm. Como o bolo não fica muito alto, numa forma de 22cm vai ficar baixinho...

    Beijinhos
    Andreia

    ResponderEliminar